Dilma em entrevista a CNN afirma: 'Luto para defender o princípio democrático do Brasil",

A presidente falou sobre o processo de impeachment, a luta para continuar no poder, a perda de popularidade e as Olimpíadas do Rio de Janeiro

Dois dias após ir ao ar a entrevista do vice-presidente da República, Michel Temer, concedida à CNN, foi a vez da emissora exibir a conversa que teve com Dilma Rousseff. Durante a reportagem, a presidente falou sobre o processo de impeachment, a luta para continuar no poder, a perda de popularidade e as Olimpíadas do Rio de Janeiro.

"Vou lutar para sobreviver, não apenas pelo meu cargo, mas vou lutar, porque o que estou advogando e defendendo é o princípio democrático que governa vida política do Brasil", disse Dilma. "No Brasil, assim como nos Estados Unidos, ninguém sofre impeachment por conta da impopularidade do presidente, pois isso é algo cíclico. Se fosse assim, todos os presidentes, primeiro-ministros na Europa que têm 20% de desemprego nos países deveriam passar por esse processo, pois também tiveram queda na popularidade", completou.


"Acho que há um elemento forte em relação ao fato de ser mulher. Sempre disseram que eu era uma mulher muito durona. E eu sempre respondi dizendo que 'sim, sou uma mulher durona, cercada por homens educados, bonitinhos e gentis. Apenas as mulheres são descritas como durona no escritório quando assumem um posição", explicou.

Sobre o Jogos Olímpicos de 2016, que tem como sede o Rio de Janeiro, a presidente disse apenas que ficará muito triste caso não faça parte do evento. "Eu gostaria muito de participar, pois eu ajudar a construir desde o primeiro dia", explicou.


COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...