BRASIL REGISTRA 1.571 CASOS E 290 MORTES POR GRIPE H1N1

SÃO PAULO LIDERA EM NÚMERO DE REGISTROS (988) E MORTES (149)


O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira, 3, novo balanço da gripe H1N1. O levantamento mostra que o País já registrou 1.571 casos da doença neste ano, até o dia 23 de abril. No total, foram contabilizadas 290 mortes por causa da gripe. 



A maioria dos casos, conforme balanço do governo, se concentra na Região Sudeste (1.106). O Estado de São Paulo lidera em número de registros e mortes: 988 e 149, respectivamente. Santa Catarina é o segundo Estado mais afetado pela doença, com 100 registros, seguido de Goiás (69), Rio Grande do Sul (53), Minas Gerais (50) e Rio de Janeiro (46).

Vacina
O balanço do Ministério da Saúde também mostra que 21,3 milhões de pessoas receberam a vacina contra a gripe neste ano. O número representa 43% do público-alvo, que inclui crianças, idosos, profissionais da área de saúde e gestantes. 

A meta é vacinar 80% das 49,8 milhões de pessoas que fazem parte do grupo de risco para complicações por gripe. O Distrito Federal e os Estados do Amapá, Goiás e São Paulo lideram em relação à população coberta pelo imunizante. 


A campanha vai até o dia 20 de maio. Já foram adquiridas 54 milhões de doses da vacina que protege contra os três subtipos do vírus (A/H1N1, A/H3N2 e influenza B).

O Ministério da Saúde afirma que, até a próxima sexta, 6, mais 49 milhões de doses da vacina terão sido enviadas às secretarias estaduais de saúde. 

Em algumas cidades do País, as doses se esgotaram e os governos aguardam novas remessas para retomar a vacinação. Em Belo Horizonte, por exemplo, parte dos postos de saúde está sem vacina, conforme informações da prefeitura da cidade. O motivo é o grande número de pessoas que procurou ser imunizada na última semana, segundo a Secretaria Municipal de saúde. 

Como se vacinar. Para receber a vacina, é importante levar o cartão de vacinação e o documento de identificação. Pessoas com doenças crônicas ou outras condições clínicas especiais devem ainda mostrar prescrição médica que especifique o motivo da indicação da vacina.

COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...