INSS: PF DESARTICULA ORGANIZAÇÃO QUE CAUSOU PREJUÍZO MILIONÁRIO

QUATRO PESSOAS FORAM PRESAS E 27 FORAM CONDUZIDAS SOB VARA

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (18) a Operação Sem Vínculo, em três cidades do Rio Grande Sul, para desarticular associação criminosa que obteve a concessão indevida de benefícios previdenciários e seguro-desemprego por meio de fraude em sistema utilizado pelo INSS. De acordo com as investigações, o prejuízo estimado é de aproximadamente R$ 3 milhões ao INSS e Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Quatro pessoas foram presas em Passo Fundo (RS).


Segundo a PF, cerca de 50 microempresas, cuja contabilidade estava sob responsabilidade do escritório utilizado pelo grupo criminoso, serviram para os registros fraudulentos. Muitas estão em nome dos investigados, seus familiares ou de laranjas, sendo que algumas sequer chegaram a funcionar, ainda que em seus registros constassem diversos empregados.
A investigação, que contou com o apoio da Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Passo Fundo e da Representação Regional da Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Risco, apurou que o grupo criminoso, por meio do escritório contábil sediado em Passo Fundo, incluiu centenas de vínculos empregatícios fictícios no sistema previdenciário.
A operação conta com cerca de 150 policiais federais nas ruas, que cumprem 33 mandados de busca e apreensão, 27 de condução coercitiva e 4 mandados de prisão nas cidades de Passo Fundo, Água Santa/RS e Nicolau Vergueiro/RS. A pedido da Polícia Federal, a Justiça Federal de Passo Fundo também decretou a indisponibilidade de valores e veículos dos líderes do grupo.

COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...