Sem foro, marido de Gleisi quer ser jugado pela Corte Suprema

Advogados do ex-ministro Paulo Bernardo [preso na Operação Custo Brasil] recorreram ao STF para questionar a decisão da Justiça Federal de São Paulo de manter sua prisão preventiva

O ex-deputado e marido da senadora petista Gleisi Hoffmann ele foi preso na quinta (23/06), em Brasília, na Operação Custo Brasil, um desdobramento da 18ª fase da Operação Lava Jato.


Além da liberdade, a defesa pede que Bernardo seja investigado pelo STF no mesmo inquérito de Gleisi Hoffmann.

Como o amor é lindo! Querem ser julgados juntos!

Depois de participar de uma quadrilha que assaltou os velhinhos aposentados, o ‘bonitão’ agora quer ser julgado pela Corte Suprema do país.
DiariodoBrasil

COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...