Dilma abriu processos pedindo exclusão de conteúdos como “Fora Dilma” da internet

As redes sociais são muito úteis para quem busca se informar ou discutir ideias, porém, muitas pessoas fazem mau uso delas para proliferar inverdades sobre diversos assuntos. 

A política não poderia ficar de fora, ainda mais em um período de corrida presidencial como aconteceu em 2014, tão indefinida e o resultado tão próximo.
A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) atualizou na última terça-feira (5) o portal CTRL-X, que reuni 1.916 ações na Justiça contra a divulgação de informações. Esses processos buscam retirar do ar conteúdo que tenha sido publicado na internet por jornalistas ou veículos de mídia. O portal Lupa analisou esse levantamento feito pela Abraji, com recorte no período da corrida presidencial, e percebeu que a presidente Dilma é, de longe, a que mais enfrenta esse problema, entrando com 24 ações já. O candidato derrotado, senador Aécio Neves (PSDB-MG), é autor de três ações. Da mesma forma a terceira colocada, Marina Silva (Rede), que também abriu três processos.


Resultados

Dos 24 processos envolvendo a presidente Dilma Rousseff, segundo a Abraji, 10 foram deferidos, dois parcialmente deferidos, quatro extintos e oito indeferidos.
Dos 3 que envolvem Aécio Neves, uma ação foi deferida, oura indeferida e a última não possui informação.
Já Marina Silva conseguiu ter dois dos seus três processos deferidos. O terceiro foi extinto.
Conteúdo das ações

Posts escritos com as frases “Já tirou votos da Dilma hoje?” e “O Brasil acordou, somos Aécio”, foram retirados do ar por conter patrocínio no Facebook durante a campanha eleitoral, o que é proibido.
A presidente também solicitou e foi atendida pela Justiça para tirar do ar vídeos no Youtube em que ela era ofendida de diversas formas, como, por exemplo, “terrorista” e “vagabunda”.
Dilma também entrou com ações diretamente contra veículos de comunicação, mas perdeu os quatro processos. Outra derrota veio na tentativa de proibir a venda online de adesivos com os dizeres “Fora Dilma” e “PT Corja”.

A presidente afastada também tentou tirar do ar duas matérias da revista Veja e duas do jornal O Estado de S.Paulo, porém, todas as matérias ainda seguem a disposição dos leitores.
Conteúdo do site Boainformacao


COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...