Maior site de pirataria é tirado do ar nos Estados Unidos

O governo dos Estados Unidos tirou do ar o maior site indexador de arquivos torrent, o KickassTorrents, e prendeu seu fundador Artem Vaulim, na Polônia.
A página era a mais acessada por internautas que compartilham ilegalmente arquivos protegidos por direitos autorais. O extenso acervo tinha links para download de filmes, séries, músicas, jogos, animes e e-books.

Vaulim foi preso em uma operação conjunta de federais americanos com autoridades polonesas. O fundador do site é acusado de lavagem de dinheiro, infração de direitos autorais e formação de quadrilha.


Por conta do KickassTorrents, Vaulim seria o responsável pela distribuição de mais de 1 bilhão de dólares de conteúdos ilegais.

De acordo com o site Torrent Freak, que obteve o documento referente à prisão de Vaulim, a Apple ajudou as autoridades na captura do fundador do KickassTorrents. A empresa forneceu um endereço IP associado a uma compra no iTunes. O mesmo endereço também foi usado para acessar a página do site de torrents no Facebook.

A Apple também teria dado ao governo americano acesso aos e-mails de Vaulim em que o KickassTorrents era mencionado. Vale notar que a Apple tem o iTunes, uma loja que vendem cópias digitais de filmes e músicas – e que possivelmente foi afetada pelo compartilhamento ilegal de conteúdos na web.

Outras evidências apotaram a identidade do fundador do site de torrents. Por exemplo, o histórico de um dos domínios da página mostra que ela foi registrada em 19 de janeiro de 2009, em nome de “Artem Vaulin”.

Os demais responsáveis pelo KickassTorrents não se manifestaram até o momento.
Por: Exame.Abril


COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...