Cristovam Buarque diz: Retorno de Dilma seria 'irresponsabilidade com o país'

Cristovam Buarque (PPS-DF) declarou voto favorável ao prosseguimento do processo de impeachment de Dilma Rousseff. 

Na sessão de pronúncia desta terça-feira (9), o senador afirmou que a “responsabilidade com o país exige um governo diferente” daquele da presidente afastada. Segundo elea administração Dilma ficou desmoralizada com a corrupção, perdeu o apoio do Parlamento e do povo nas ruas.

– Para mim, sempre esteve claro que o retorno da presidente traria de volta, e agravada, a crise construída ao longo dos últimos anos.


Precisamos virar a página do aparelhamento da máquina pública, dos erros da política econômica, das manifestações de marketing, da irresponsabilidade fiscal que ameaça o futuro do Brasil e compromete todas as forças progressistas como coniventes - disse.

Até então considerado indeciso em relação ao processo do impeachment, Cristovam disse que fracassou nas diversas tentativas que fez para melhorar o diálogo com o Palácio do Planalto e diversos segmentos da sociedade por um pacto pelo Brasil e em favor da governabilidade.

Ele lembrou ainda que propôs a convocação de eleições gerais e que, nos últimos dois meses, esteve quatro vezes com a presidente afastada. No entanto, depois de acompanhar os trabalhos da comissão especial do impeachment, Cristovam diz estar convencido de que houve descumprimentos à Constituição.

– Eu disse que votaria pelo Brasil, mesmo que isso significasse um suicídio político e até sentimental. Hoje eu voto pela aprovação do parecer da Comissão, com base política; nos riscos para o Brasil da volta da presidente Dilma; e no ferimento à Constituição que aconteceu no seu governo - concluiu.


COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...