Dez alimentos que parecem saudáveis mas são inimigos

Nem tudo o que parece saudável realmente é. 

Os rótulos enganam e a única forma de saber a verdade é analisando o valor nutricional. Os supermercados estão repletos de ratoeiras

Se não fizer isso, a probabilidade de consumir um alimento pouco ou nada saudável é elevado, especialmente quando a embalagem ‘vende’ algo que não é real, como acontece com o húmus pré-confeccionado e com uma larga data de validade.


Conta o Fitness que o húmus – pasta de grão-de-bico – até pode ser um dos alimentos mais amigos da saúde e da dieta, se não for comprado já pronto e repleto de corantes e conservantes para alargar a longevidade do produto. Além disso, a probabilidade de conter mais sal, açúcar e gordura do que o desejado é também grande.

Embora seja uma das poucas opções para os que não consomem lacticínios, ou até mesmo a única, o queijo vegan é também um dos alimentos a evitar, uma vez que continua sendo um alimento processado e possui enriquecedores de textura e sabor.

Repleto de açúcar – em quantidades que podem chegar aos 60 gramas por garrafa – o ice tea embalado (mesmo o que é vendido como light) também deve ser evitado, especialmente quando, além do açúcar, o valor calórico excede os três dígitos. Fazer chá em casa e adoçar com stevia é a melhor opção.

A barras energéticas com baixo teor de carboidratos podem ser também um problema, diz a publicação, salientando que se tratam de alimentos processados.


E se pensa que as batatas fritas de pacote são as únicas de evitar, engana-se. Os chips de vegetais são também um risco à saúde, pois possuem sempre algum tipo de gordura e produtos que permitem uma textura idêntica às viciantes batatas fritas.

O sushi parece uma refeição completa e saudável, mas somente se for consumido com moderação. Isso porque seis peças de camarão frito (tempura) pode equivaler a nada mais, nada menos do que 600 calorias.

Os molhos light para saladas – por serem processados, por terem conservantes e possivelmente corantes – e ainda o pão de forma ‘multi-cereais’ são também alimentos vendidos como saudáveis, mas na verdade podem ser bastante maus para a saúde. Sabia que o pão multi-cereais é, quase sempre, feito maioritariamente com farinha refinada?

Por fim estão as tortilhas de arroz que tanto servem como snack. São vendidas como ‘isentas de glúten’ e ‘com baixo teor calórico’, mas podem ser uma má opção para quem pretende perder peso, uma vez que possuem grandes quantidades de carboidratos, o que podem interferir negativamente com os níveis de saciedade.

COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...