Gleisi Hoffmann admite que não ter moral para participar do julgamento de Dilma

A senadora Gleisi Hoffman (PT -PR) voltou a repetir, em entrevista a jornalistas, a afirmação que desde ontem vem provocando bate-bocas e reações irritadas de senadores na sessão de julgamento do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Gleisi disse que o Senado não tem moral para julgar Dilma porque boa parte dos senadores está sendo investigada, e admitiu, quando questionada, que ela própria está entre os investigados que não teriam condições de julgar Dilma.

— O Senado não tem moral para julgar ninguém porque boa parte dos senadores está sendo investigada. Como eu vou fazer esse julgamento? Aponto o dedo para uma pessoa e tem três dedos apontados para mim? Vocês não estão vendo, a presidente não cometeu crime de responsabilidade. Isso aqui é uma farsa — disse Gleisi.


A senadora disse que irá ligar para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para conversar. Ela negou, no entanto, que tenha chamado Renan de “canalha”. Antes do encerramento da sessão, Renan fez uma fala criticando os bate-bocas e pedindo que os ânimos se serenassem, mas provocou nova reação ao dizer que o Senado estava parecendo um hospício e criticou Gleisi por ter dito que o Senado não tem moral para julgar Dilma. Renan afirmou ainda que essa afirmação vinha de uma senadora que teve ajuda do Senado para suspender que o indiciamento dela seja feito pela Polícia Federal.

O presidente do Senado divulgou nota justificando que sua ação junto ao STF foi "impessoal" e como presidente da Casa, para defender direitos da própria senadora.


COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...