DEFESA DE DILMA DIZ QUE TEMER RECEBEU PROPRINA DE R$1 MILHÃO DE REAIS

Advogados da ex-presidente afirmam que vice da chapa 'canalizou' dinheiro doado pela empreiteira Andrade Gutierrez

A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff enviou ao Tribual Superior Eleitoral (TSE) documentos que indicam doação de R$ 1 milhão feita pela empreiteira Andráde Gutierrez ao então vice de Dilma da Campanha de 2014, Michel Temer.


De acordo com informações da Folha de S. Paulo, o dado pode enfraquecer a tese atualmente defendida por Temer, de que sua arrecadação de campanha foi feita de forma separada da de Dilma. O peemedebista teme que a chapa seja cassada pela Justiça Eleitoral.

O montante, registrado na Justiça Eleitoral, seria propina referente a obras do governo federal, segundo o ex-presidente da companha, Otávio Azevedo. O executivo está colaborando como delator na Operação Lava Jato. Em depoimento, o empresário teria afirmado que o valor de R$ 1 milhão teria sido dado ao diretório nacional do PT.

A defesa da ex-presidente, no entanto, encontrou inconsistências no depoimento de Azevedo. Os advogados encontraram, de fato, entrada de R$ 1 milhão para a campanha, mas neles o CNPJ do doador era o diretório nacional do PMDB, e não do PT, como afirmou Azevedo. Agora, a defesa da ex-presidente pede que o depoimento do delator seja considerado inválido.

A assessoria do presidente Michel Temer afirma que Otávio Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, garantiu em seu depoimento ao TSE que o dinheiro doado à campanha do peemedebista é legal e não tem origem em propinas.


COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...