Adeus, café! Nutricionista entrega seis substitutos para a cafeína

Do café da manhã ao lanche da tarde, descubra as melhores alternativas que substituem cafezinho

Ele dá o start no dia, fecha refeições e ainda é o melhor motivo para as pausas durante a tarde. Não à toa o café é adorado por tanta gente: a cafeína mantém o cérebro ativo e, quando feito sem açúcar, é liberado para quem está de dieta. No entanto, se consumido em excesso (seis copos ou mais de 30ml de expresso), o café pode afetar a qualidade do sono, aumentar a ansiedade e até causar desidratação, já que a cafeína é um poderoso diurético. Para quem tem deficiência nos genes CYP1A2, conhecidos como metabolizadores lentos da cafeína, por exemplo, o consumo exagerado do inofensivo cafezinho pode até trazer consequências cardíacas, como aponta a nutricionista da Clínica Seven, Thalita Longo.

Mesmo que ele pareça insubstituível, é possível diminuir seu consumo – ou até eliminá-lo completamente do cardápio -- e ainda assim continuar com foco e disposição o dia todo. A chave está nas trocas inteligentes. Confira a seguir as sugestões da nutricionista:


Cereais integrais
Por serem fontes de fibra, esses cereais mantêm a glicemia estável e evitam picos de insulina, agindo assim na sonolência. Amaranto e aveia, por exemplo, podem ser consumidos de manhã, misturado ao mingau, à omelete ou ainda na massa da panqueca.

Chá Verde 
A famosa folha verde é termogênica. Ou seja, acelera o metabolismo e dá mais energia. Se comparado ao café, tem uma concentração um pouco menor de cafeína. Mas sai na frente no quesito beleza, ao se destacar como uma importante fonte de catequina, um poderoso antioxidante. 

Suco de Grama do Trigo (wheatgrass)
Energizante natural, o suco de wheatgrass é excelente fonte de clorofila, que funciona como um tônico para o organismo, garantindo assim, mais energia e disposição.

Levedura Nutricional (Nutritional Yeast)
Em forma de pó, a levedura  pode ser adicionada a saladas, sopas, receitas, shakes e sucos. É rico em proteína e principalmente em vitaminas do Complexo B, que favorecem a formação de energia pelo organismo.

Chá de Ginko Biloba
O chá favorece a produção de óxido nítrico, um gás que relaxa a parede das artérias, dilata os vasos e melhora o fluxo sanguíneo. Essas propriedades do ginko biloba melhoram a circulação e o funcionamento cerebral.

Cacau 
O cacau do chocolate é fonte de teobromina, que também pode deixar-nos em alerta, além de possuir uma ação antioxidante. Prefira consumir as barras com alta concentração de cacau, em vez do chocolate ao leite.


Via: g1

COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...