Alckmin defende candidatura única em São Paulo

O tucano relativizou a declaração do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), de que o partido não abriria mão de uma candidatura própria

governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), declarou nesta segunda-feira (29) que os partidos da base de sua gestão deveriam ter um candidato único para disputar o Executivo paulista na eleição deste ano.
"O ideal é ter um candidato só da base", disse a jornalistas. Questionado sobre ter dito antes que o PSDB abriria mão de um candidato próprio no Estado para apoiar a candidatura do vice-governador, Márcio França (PSB), e formar uma aliança para disputar a Presidência, Alckmin afirmou que a questão não está fechada e que dependerá da negociação entre as siglas.


O tucano relativizou a declaração do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), de que o partido não abriria mão de uma candidatura própria.
"É natural que o PSDB, sendo o maior partido, com seis gestões à frente do Estado, tenha candidato próprio, mas não dá para ir para a mesa de negociação com uma pré-condição, porque assim não há diálogo."
A decisão final, diz o governador, será dos diretórios estaduais dos partidos da base. "Se não tiver possibilidade de unir toda a base, não tem problema. Vamos ter um, dois, três palanques."
LULA
Sobre a decisão do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) de manter a condenação de Lula no caso do tríplex em Guarujá, Alckmin voltou a elogiar a Justiça.
"Ficou claro que o Poder Judiciário funciona. A lei é para todos, não é possível que alguém do PT ou que seja importante esteja acima dela."
Com informações da Folhapress. 


COMPARTILHAR:

+1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens populares

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...